Vídeo: Tio e avô são presos em Mundo Novo (GO) por estupro de sobrinhos e netos

Vídeo: Tio e avô são presos em Mundo Novo (GO) por estupro de sobrinhos e netos

Reportagem do Jornal Metrópoes revela  mais um caso de estupro resolvido conduzido pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) terminou com a prisão de dois criminosos, um tio e um avô que estupravam todas as crianças de uma mesma família.

A violência sexual ocorreu de forma incessante ao longo de três meses, quando as vítimas – duas meninas, de 9 e 12 anos, em um menino, de 8 – passavam férias na casa dos pedófilos, no município de Mundo Novo, município localizado na Região Norte de Goiás.

Após a conclusão das apurações, os dois criminosos tiveram a prisão preventiva decretada na segunda-feira (4), 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia). Segundo a coluna Na Mira, do Metrópoles, o nome dos pedófilos será mantido em sigilo para que as crianças violentadas não sejam expostas indiretamente.

Apesar dos estupros terem ocorrido em sequência entre os meses de dezembro de 2018 e fevereiro de 2019, a PCDF só ficou sabendo do caso em abril de 2022, quando o pai das duas meninas abusadas desconfiou do crime e registrou boletim na 26ª DP.

 

Pastor Abusador

No Maranhão, Luis Silvinho da Silva, conhecido como ‘Pastor Luiz Silvino’, foi denunciado pela mãe do garoto de ter abusado sexualmente de seu filho de 11 anos na cidade de Alto Parnaíba, na Região Sul do Maranhão. Silvino é presidente de uma igreja no bairro Santo Antônio. A Polícia Civil investiga o caso.

Segundo a mãe, o pastor era de confiança da família e teria cometido abusos contra o menino ao menos três vezes, nas últimas duas semanas. Ela só ficou sabendo quando o próprio filho entendeu que era abusado e contou o caso aos familiares.

 

Fonte: Metrópoles