Rogério Cruz reativa entidade que atende moradores em situação de rua em Goiânia

Rogério Cruz reativa entidade que atende moradores em situação de rua em Goiânia

Comitê Pop Rua tem como objetivo elaborar, articular e monitorar políticas públicas voltadas para pessoas em vulnerabilidade. “Reativação confirma nosso compromisso constante com a assistência social”, afirma prefeito

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, reativou,  por meio do Decreto n° 633, de 2022, o Comitê Intersetorial da Política Municipal para a População em Situação de Rua (Pop Rua). O grupo é composto por representantes do governo municipal e da sociedade civil organizada, e tem como objetivo acompanhar e monitorar os serviços, programas e projetos municipais voltados à essa população.

“Goiânia conta com ampla rede de assistência à população em situação de rua, e o comitê é essencial para o monitoramento do serviço. Esse grupo dará as diretrizes para que possamos melhorar o atendimento a essas pessoas vulneráveis. Confirmamos nosso compromisso constante com a área social”, ressalta Rogério Cruz.

De acordo com a secretária executiva da Secretaria Municipal de Direito Humanos e Políticas Afirmativas (Smdhpa), Jordana Araújo, o Pop Rua atuará por meio de quatro eixos centrais: saúde, cuidado, autoridade e integração. “Faz parte do trabalho da entidade levantar dados e pesquisas sobre a realidade da população de rua na capital, e contribuir com a elaboração das políticas públicas voltadas a esse grupo vulnerável”, explica, destacando que “são muitos os desafios, mas o trabalho será focado na construção de políticas eficazes, sem perder de vista o cuidado humanizado e a dignidade de todas as pessoas”.

A primeira reunião do Comitê Pop Rua, realizada nesta quarta-feira, contou com a participação de representantes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social (Sedhs), Secretaria Municipal de Educação (SME), Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), Secretaria do Desenvolvimento e Economia Criativa (Sedec), Secretaria Municipal de Cultura (Secult), Defensoria Pública de Goiás, Tribunal de Justiça do Estado Goiás (TJ-GO), Comitê Goiano de Direitos Humanos Dom Tomás Balduíno, Conselho Municipal de Igualdade Racial, e Conselho Municipal de Direitos Humanos e Cultura de Paz.

O próximo encontro da entidade será no dia 20 de maio, quando serão discutidas informações e levantamentos referentes aos cadastros da população em situação de rua em Goiânia.

Deixe um comentário

53 Comments

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *