Lula leva milhares às ruas em Salvador no dia da Independência da Bahia

Lula leva milhares às ruas em Salvador no dia da Independência da Bahia

O ex-presidente Lula (PT) participou, na manhã deste sábado (2), de uma caminhada pelas ruas de Salvador (BA). O cortejo se deu em comemoração ao dia da Independência da Bahia, celebrado todo dia 2 de julho, em alusão à expulsão das tropas portuguesas e declaração de independência do estado, em 1823. 

O petista chegou à capital baiana na sexta-feira (1) e sua presença na caminhada pública não era esperada. Em sua agenda, constava apenas um ato político na Arena Fonte Nova. Lula, no entanto, apareceu no cortejo de surpresa e se juntou a uma multidão. Ele estava acompanhado de seu candidato a vice-presidente, Geraldo Alckmin (PSB), do candidato do PT ao governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues, do governador Rui Costa (PT) e do senador Otto Alencar (PSD), entre outros. 

A atividade se deu paralelamente à presença de Jair Bolsonaro (PL) na cidade, que reuniu, no mesmo horário, apoiadores de moto na Orla Atlântica de Salvador. 

“Estivemos em uma caminhada em Salvador com milhares de pessoas e não houve um incidente sequer, numa demonstração de que o povo brasileiro não só é democrático como gosta de manifestações democráticas”, escreveu Lula em suas redes sociais. 

Pela manhã, o petista participou do tradicional cortejo pelo bairro da Lapinha, juntamente com sua esposa, Janja, o governador Rui Costa, o pré-candidato ao governo pelo PT, Jerônimo Rodrigues. e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

“Eu acho que seria importante que o povo brasileiro conhecesse o que é o 2 de Julho na Bahia. Aqui, a Independência foi feita com sangue, com morte de negros, indígenas, padres, freiras e o povo trabalhador que lutou para expulsar os portugueses. Então é isso que você vê, não é um desfile militar, é um desfile do povo, isso que significa independência”, disse Lula durante a caminhada na Lapinha

Lula participou do Grande Ato pela Independência no estacionamento da Arena Fonte Nova, O evento celebra a luta de independência na Bahia –iniciada em 19 de fevereiro de 1822 e durou até a expulsão definitiva dos portugueses em 2 de julho de 1823.

Com informações da Revista Fórum e Brasil247