Com mais de 200 serviços, Rogério Cruz abre a 5ª edição do Mutirão da Prefeitura em 2024, na Região Noroeste

Com mais de 200 serviços, Rogério Cruz abre a 5ª edição do Mutirão da Prefeitura em 2024, na Região Noroeste

Nos estandes montados na Rua JC-1 com Avenida do Povo, entre os bairros Jardim Curitiba e Vila Mutirão, população tem acesso a serviços de saúde, emprego, assistência social, habitação, meio ambiente, e ainda serviços jurídicos do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) e tarifas sociais da Saneago e Equatorial

O prefeito Rogério abriu oficialmente o 5º Mutirão de Goiânia de 2024, neste sábado (22/6), com oferta de mais 200 serviços aos moradores da Região Noroeste, nos estandes montados na Rua JC-1, esquina com a Avenida do Povo e Rua da Divisa, entre os bairros Jardim Curitiba e Vila Mutirão.

Antes de conceder entrevista à imprensa, Rogério aproveitou para visitar alguns estandes e pôde comprovar que a população atendeu ao chamado da Prefeitura de Goiânia, com centenas de pessoas em busca de atendimento de suas demandas, desde o início da manhã.

“Desde o início da nossa gestão, realizamos 39 dias de mutirão, oferecendo mais de 200 tipos de serviços diferentes, em mais de 600 mil atendimentos. Tudo em um só lugar, a cada edição, para facilitar a vida das pessoas que moram em cada região da nossa cidade. Ao todo, nosso mutirão chegou a mais de 400 bairros, com oferta de serviços à população, cobrindo cada canto da cidade, com muito trabalho e dedicação”, afirmou o prefeito.

Para ele, os números mostram o compromisso de sua gestão com a população. “É para melhorar a vida de todos. Essa é a nossa maior satisfação, pois aqui é trabalho que facilita a sua vida”, pontuou.

Em busca de atendimento oftalmológico, Júlia de Sousa procurou os serviços oferecidos pelo Mutirão de Goiânia e falou das facilidades que o evento proporciona aos moradores de cada região da cidade, porque a prefeitura vai aos bairros, facilitando o acesso dos moradores. “Até porque se a gente for esperar atendimento pelo SUS vai demorar, e aqui, perto das nossas casas, acaba sendo mais fácil. Eu, por exemplo, moro na Vila Finsocial”, afirmou. Júlia conta que ficou sabendo do mutirão por meio do Instagram da prefeitura, e aproveitou para levar o marido e os sogros para atendimento médico.

Bem-estar e cidadania
Ao longo deste sábado, até às 16 h, e no domingo (23/6), das 8h às 12h, haverá atendimento à população, com serviços nas áreas da saúde, emprego, assistência social, habitação, meio ambiente, além de serviços jurídicos do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) e tarifas sociais da Saneago e Equatorial.

Nos dois dias de mutirão, a população contará com programação cultural com shows musicais, teatro e quadrilha junina, ações voltadas para os direitos humanos e cidadania, com atividades voltadas para o bem-estar e inclusão social dos moradores, serviços de cadastramento para benefícios, oficinas e distribuição de autotestes de HIV.

A Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) distribui mais de 2 mil mudas de árvores, consultas veterinárias e atendimento em educação ambiental.

Casa da Gente
A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), realiza, neste sábado, o sorteio de mil famílias inscritas no Programa Casa da Gente, modalidade de financiamento.

Os sorteados irão compor a lista de famílias selecionadas para apartamentos no Residencial Iris Rezende III, empreendimento em construção no Conjunto Vera Cruz, região Oeste da capital, em parceria com os governos estadual e federal. Cerca de 120 famílias selecionadas pela Prefeitura de Goiânia devem ser contempladas com unidades habitacionais no empreendimento sendo que, desse total, seis por cento das unidades são destinadas a idosos ou pessoas com deficiência, três por cento para mulheres de família monoparental e, cinco por cento, para mulheres vítimas de violência doméstica, tráfico de pessoas ou exploração sexual.

As famílias sorteadas passarão por análise de atendimento aos critérios estabelecidos para o programa, como possuir renda familiar de até três salários mínimos e residir em Goiânia há pelo menos três anos e não possuir restrição cadastral junto aos organismos e instituições financeiras.

A população da Região Noroeste conta com os atendimentos da Sedec/Sine, É possível ter acesso a mais de 3500 vagas de emprego, inscrições em mais de 200 vagas dos cursos de qualificação, cadastro no Sine, carteira digital de trabalho, dentre outros serviços. Também serão distribuídas mais de 5 mil mudas de hortaliças durante a realização da frente de serviços itinerantes.

Fotos: Jucimar de Sousa