Atlético faz 3x1 no Goiás e leva o título na casa do adversário

Atlético faz 3x1 no Goiás e leva o título na casa do adversário
No Estádio Hailé Pinheiro em Goiânia, vitória de virada do Atlético diante do Goiás por 3×1 na partida de volta do Grupo I da Fase Final do Goianão 1XBET 2022, sagrando-se assim campeão goiano de 2022 no dia de seu 85º aniversário!

A equipe rubro-negra campineira ganhou as duas partidas desta Fase Final, uma vez que venceu a partida de ida por 1×0 em seus domínios.
Pela 2ª vez consecutiva sagra-se campeão diante do time alvi-verde ganhando os dois jogos da Fase Final, a exemplo da última, em 2019, quando anotou 3×0 na ida e 1×0 na volta, ambos os jogos no Estádio Olímpico Pedro Ludovico.
Foi a 11ª decisão direta de Goianão envolvendo as duas equipes e como era a chamada ‘negra’, o Atlético desempata, estabelecendo o placar de 6×5 a seu favor.
Foi a 1ª decisão de Goianão sediada no Estádio Hailé Pinheiro.
Trata-se do 5º triunfo fora de casa do Atlético no Goianão 1XBET 2022 e da 3ª derrota em casa do Goiás no Campeonato, a 2ª consecutiva.
É o 16º título de campeão goiano conquistado pelo time atleticano. Os demais títulos de campeão goiano conquistados pela equipe rubro-negra foram em 1944, 1947, 1949, 1955, 1957, 1964, 1970, 1985, 1988, 2007, 2010, 2011 (bi), 2014, 2019 e 2020 (bi). São sete nos últimos dezesseis anos.
Com isso, ultrapassa o Vila Nova, saindo de uma desvantagem de seis títulos, em 2005, ano do último título vilanovense, o 15º, para a vantagem agora estabelecida sobre o time colorado.
O Atlético completa 10 jogos invictos com sete vitórias e três empates, sendo oito pelo Goianão 1XBET 2022 e dois pela Copa do Brasil.
No 1º tempo, Goiás 1×0, gol de Nicolas, de cabeça, aos 30’, ele que com esse gol tornou-se isoladamente o artilheiro do Goianão 1XBET 2022 com 8 gols marcados, sendo a 3ª vez consecutiva que o artilheiro do Goianão fica com essa marca de 8 gols. Na etapa complementar, a virada atleticana com gols de Marlon Freitas logo a 1’, Wellington Rato aos 5’ e Shaylon aos 22 minutos.
Goiás 1×3 Atlético (*)
Árbitro: Luis Flávio de Oliveira (SP). Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP). Cartões amarelos: Fellipe Bastos (G); Wanderson, Edson, Marlon Freitas e Léo Pereira (A). Renda: R$ 169.345,00. Público pagante: 12.294. Gols: Nicolas (cabeça) 30’ do 1º tempo. Marlon Freitas (A) 1’, Wellington Rato (A) 5’ e Shaylon (A) 22’ do 2º tempo.
Goiás: Tadeu, Diego, Da Silva, Yan Souto e Danilo Barcelos; Auremir, Fellipe Bastos (Henrique, 45’ do 2º tempo), Elvis e Apodi (Reginaldo, 39’ do 2º tempo); Nicolas (Magno Silva, 14’ do 2º tempo) e Pedro Raul (Albano, no intervalo). Técnico: Glauber Ramos.
Atlético: Luan Polli, Dudu Santos (Luan Sales, 40’ do 2º tempo), Wanderson, Edson e Arthur Henrique (Hayner, 31’ do 2º tempo); Gabriel Baralhas, Marlon Freitas, Shaylon e Rickson; Wellington Rato (Montenegro, 30’ do 2º tempo) e Léo Pereira (Aírton, 40’ do 2º tempo). Técnico: Umberto Louzer.
(*) 5ª vitória fora de casa do Atlético; 3ª derrota em casa do Goiás (2ª consecutiva)
Fonte: FGF

 

Deixe um comentário

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.