Após pressão do governo Lula, Israel anuncia que brasileiros deixam Gaza nesta sexta-feira

Após pressão do governo Lula, Israel anuncia que brasileiros deixam Gaza nesta sexta-feira

Os 34 brasileiros que aguardam para deixar a Faixa de Gaza estarão na lista de estrangeiros autorizados a cruzar a fronteira nesta sexta-feira (10). A informação foi dada pelo Ministério das Relações Exteriores, após conversa do ministro Mauro Vieira com o ministro das Relações Exteriores de Israel, Eli Cohen.

Segundo o Itamaraty, Cohen afirmou não ter sido possível cumprir a garantia dada por ele de que os brasileiros sairiam na quarta-feira (8), por fechamentos inesperados na fronteira.

A lista com estrangeiros autorizados a deixar a Faixa de Gaza é elaborada por autoridades egípcias e israelenses. Até o momento, mais de 3.400 estrangeiros foram autorizados a deixar Gaza, sendo 36% com passaporte dos Estados Unidos.

 

Os 34 brasileiros estão abrigados nas cidades de Khan Younes e Rafah, próximas à fronteira com o Egito. A fronteira de Rafah, que liga o Egito à Faixa de Gaza, é o único local para entrada e saída de pessoas ou mercadorias no enclave palestino.

Paulo Coelho criticou Israel por impedir saída de brasileiros

Nas redes sociais, o escritor Paulo Coelho criticou o Estado de Israel por impedir a saída dos brasileiros, avaliando que o governo de Tel Aviv, fazia jogada política em favor do ex-presidente Bolsonaro, com a detenção dos brasileiros em Gaza:

 

Com informações da Agência Brasil