Em Goiânia, Rui Costa anuncia manutenção do FPM, para socorrer prefeituras

Em Goiânia, Rui Costa anuncia manutenção do FPM, para socorrer prefeituras

Prefeitos de diferentes cidades goianas marcaram presença no lançamento do Novo PAC na Alego (Assembleia Legislativa de Goiás) nesta quinta-feira. Durante o evento o ministro do Gabinete Civil,  Rui Costa, deu uma boa ntíciaaos gestores municipais.

“Com a queda que tivemos nos últimos meses, e diante da possibilidade de termos neste mês novamente, o presidente Lula providenciou uma medida, já aprovada pela Câmara e que será discutida agora no Senado, que garante que nenhum prefeito receberá em 2023 repasse menor do que aquilo que foi pago em 2022”, anunciou.

Os prefeitos comemoraram, especialmente, o fato de que não sofrerão mais com as perdas da arrecadação. Ao comentar o assunto, Costa disse que o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) é reflexo da arrecadação federal. “Quando ela cai, estados e municípios sofrem com isso, mas o presidente Lula tomou esta decisão de manter o FPM para ajudar os municípios”, completou Rui Cosra.

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), falou sobre o assunto em nome das lideranças.

“Fica aqui nossa alegria em ouvir que teremos a recompensa do FPM para os nossos municípios. Em nome dos prefeitos, agradeço por essa atitude. Isso nos deixa mais aliviados”, disse Rogério Cruz.

Anfitrião do encontro, o deputado e presidente da Alego, Bruno Peixoto (UB), saudou a todos e parabenizou ambos os ministros pelo trabalho desempenhado à frente de seus ministérios.

Com informações da Agência Alego