Cerca de cinco mil trabalhadores da Rede Municipal de Educação de Aparecida de Goiânia devem receber o abono salarial até a primeira quinzena de janeiro de 2022.

O anúncio foi feito pelo prefeito Gustavo Mendanha, na tarde desta quarta-feira, 15, no Anfiteatro Municipal Cantor Leandro, durante o evento de posse dos Diretores e Coordenadores Gerais das unidades de ensino do município para o biênio 2022/2023.

“O pagamento não será restrito apenas aos professores e pedagogos, será ampliado para todos os profissionais da educação, dos setores administrativos e de conservação, como merendeiras e auxiliares de serviços gerais. Ainda vamos definir a data e o valor exato, mas a certeza é que até o início do próximo mês, o benefício estará nas contas de todos os servidores lotados na Secretaria de Educação de Aparecida”, destacou o prefeito Gustavo Mendanha.

Durante o discurso o prefeito agradeceu aos servidores da educação pelo trabalho desenvolvido com as crianças da cidade. “É importante reconhecer o trabalho que fizeram durante a pandemia, utilizando do pouco recurso que tinham para dar aulas. Inclusive, esse é um dos motivos do abono, para compensar todo esse todo esforço e dedicação com nossos alunos”, agradeceu o gestor.

Diretores e coordenadores gerais tomam posse para o biênio 2022/2023

Os servidores eleitos para os cargos de direção e de coordenação geral das escolas e CMEIs de Aparecida de Goiânia tomaram posse na tarde desta quarta-feira, 15. A solenidade aconteceu no no Anfiteatro Municipal e contou com a presença do prefeito Gustavo Mendanha e do titular da pasta da Educação, professor Divino Gustavo, entre outras autoridades.

O evento de posse aconteceu entre 14 e 16h e foi aberto com apresentação musical realizada pelos integrantes do Núcleo de Música da Escola Municipal de Artes, sob a regência do maestro Francinaldo Rodrigues. Tomaram posse 61 diretores e 61 coordenadores gerais para as escolas e EMEIs e 32 diretores para os CMEIs.

A eleição para gestores das unidades escolares de Aparecida de Goiânia acontece desde 2010 e está em sua sexta edição. A votação ocorreu no dia 30 de novembro em 70 das 93 unidades escolares que apresentaram candidatos aos cargos. No caso das escolas e CMEIs onde a votação não ocorreu por falta de concorrentes, a Secretaria Municipal de Educação (SME) estabeleceu critérios para indicar um novo grupo gestor, levando em consideração o que está determinado na Lei Municipal 2861/2009.

Um dos requisitos é ter participado do curso de formação em Gestão Escolar, oferecido pelo Centro de Formação dos Profissionais de Educação de Aparecida de Goiânia (CEFPE/SME).